Baeta comemora um ano do retorno ao futebol profissional

Foto: Kiko Halfeld

Em julho de 2016, o Leão do Poço Rico voltava, de forma oficial, ao futebol profissional e o levantamento do projeto é altamente positivo. O Baeta chegou ao título do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e neste ano alcançou o Hexagonal Final do Módulo II do Campeonato Mineiro.

Até o momento, foram 38 partidas, sendo 18 vitórias, 9 empates e 11 derrotas, perfazendo um total de 61 gols marcados e 38 gols contra. Dia após dia, o projeto vem sendo consolidado, principalmente no que tange os parceiros, que são essenciais, que é a médio e longo prazo, visando colocar o Leão do Poço Rico no cenário nacional.

Presidente do Baeta, Francisco Quirino “Chiquinho” (Foto: Kiko Halfeld)

Reestruturação

Após 9 anos de inatividade, o Tupynambás Futebol Clube teve que recomeçar literalmente do zero. Diante da negociação envolvendo o atleta Danilo Luiz, que deixou o Porto de Portugal rumo ao Real Madrid, e desta forma, por ser clube formador, o Baeta ter recebido uma parte destes valores, foi possível quitar dívidas e reorganizar a Sede Social, sendo possível dar vida novamente ao futebol profissional do clube. Para tal, o Baeta, presidido por Francisco Quirino, o Chiquinho, fechou uma parceria com o Executivo Alberto Simão, que se tornou responsável direto pela gestão do futebol do clube. A reestruturação do futebol passou por todos os departamentos e o grupo gestor, que foi estruturado para “tocar” o dia a dia, precisou trabalhar muito para organizar a “casa” e colocar o time em campo.

Grupo gestor formado por (esq para dir): Roney Testa, Aloysio Guedes, Alberto Simão, Júlio Senra e Vitor Lima Gualberto (Foto: Antônio Neto)

O pontapé inicial

No dia 31 de julho de 2016, o Baeta estreou no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão após um longo tempo licenciado do futebol profissional. Em campo, vitória sobre o Ponte Nova, por 2 a 1, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, com gols de Juninho e Assis. Clique aqui e confira como foi a vitória, de virada, sobre a o Ponte Nova.

Jogadores comemoram o gol de falta de Juninho, na vitória de 2 a 1 frente o Ponte Nova. Primeiro gol marcado em partidas oficiais após o retorno (Foto: Kiko Halfeld)

O título

O primeiro título após o retorno do clube aconteceu dia 27 de novembro de 2016, no empate em 1 a 1 diante do Coimbra Esporte Clube, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O gol do Baeta foi marcado por Cassiano. Clique aqui e relembre como foi a conquista da Segundona Mineira 2016.

Time campeão mineiro da Segunda Divisão 2016 (Foto: Aloysio Guedes)
Felipe Castilho (esq) recebendo cartão do programa Sócio Torcedor das mãos de Vitor Lima (Foto: Kiko Halfeld)

Fala, torcedor!

Para o Representante Comercial e torcedor fanático do Leão, Felipe Castilho, a volta do clube ao futebol profissional se resume em uma só palavra: felicidade.

– Estou muito feliz com a volta do clube ao futebol profissional. Mais feliz ainda voltando sendo campeão logo em sua primeira competição oficial após o retorno. Isso mostra a credibilidade do clube para o futebol no cenário estadual. Esta volta é muito boa e estou muito confiante pelo trabalho que vem sendo realizado pela direção do clube em conjunto com as empresas que vem abraçando o Baeta neste retorno, além de dar alegrias pra mim, como torcedor fanático pelo clube e para todos que gostam do esporte juiz forano. Estou muito confiante no projeto e confiante que 2018 será ainda melhor – declarou Felipe, que é Sócio Torcedor do clube.

Alberto Simão recebe troféu de campeão da Segundona Mineira das mãos de Paulo Bracks (esq.) e Adriano Aro (dir.) (Foto: FMF/Divulgação)

Fala, Executivo!

De acordo com o Executivo de Futebol do Baeta, Alberto Simão, este um ano de projeto representa, acima de tudo, amadurecimento:

– Tem um ano que retornamos, oficialmente, com o futebol deste centenário clube. É algo histórico, não apenas para Juiz de Fora, mas também para toda a região da Zona da Mata Mineira. Além de resgatar o público, estamos movimentando a economia de forma intensa, com questão hoteleira, restaurantes, entre outros. O um ano representa, também, o legado que estamos deixando e a fidelidade com os parceiros. Em menos de um ano contamos com dezenas e dezenas de parceiros que nos ajudam, de uma forma ou de outra, neste processo – declarou Simão.

Comunicação e Marketing: Excelência

O retorno do Tupynambás Futebol Clube aos gramados em meados de 2016, após 9 anos de inatividade, fez com que o clube se movimentasse não só dentro de campo, mas também fora dele. Com o objetivo de atrair de volta as atenções dos torcedores do clube e dos juizforanos apaixonados por futebol, além de uma maior e melhor prospecção de parceiros, o clube teve que criar uma estratégia de comunicação profissional para atingir seu objetivo.

O grande desafio desse Plano de Comunicação e Marketing era primeiramente resgatar, e posteriormente fortalecer a marca Baeta. Desta forma, os profissionais da comunicação adotaram práticas e linguagens que aproximasse ao máximo o clube do torcedor e da imprensa, além de exaltar e fortalecer a imagem dos profissionais do clube como seus atletas, comissão técnica, além, é claro, dos seus parceiros, fundamentais para o fortalecimento do clube.

Dentre as principais estratégias foi a exposição online. A escolha pelas ferramentas da internet foi pontual, em função da facilidade de aproximação ao público-alvo, principalmente através das Redes Sociais. Portanto, o clube apostou nas principais Mídias do momento, como Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Flickr.

Para fechar o pacote de marketing virtual, o clube lançou no início deste ano, o seu site oficial, simples, objetivo e informativo, atualizado diariamente com intuito de manter todo seu público-alvo sempre muito bem informado. No final de maio, a aposta foi o lançamento do aplicativo oficial para smartphones e tablets, com o objetivo de aproximar ainda mais o clube do público.

Também no início deste ano, o departamento de marketing lançou o Programa Sócio Torcedor Leões do Baeta, oferecendo diversas vantagens e benefícios aos torcedores do clube, objetivando mais uma fonte de receita, além de ser um forte instrumento de relacionamento com os torcedores. Saiba todos os detalhes do programa clicando aqui. Em breve, o clube apresentará mais uma grande novidade para os Sócios Torcedores visando fortalecer ainda mais o programa e oferecer ainda mais benefícios aos associados.

Com isso, o Tupynambás Futebol Clube vai pensando muito mais do que somente dentro de campo, além de crescer dentro das quatro linhas, o clube pretende ser forte também fora, com estratégias profissionais em todos seus departamentos.

Hilário Félix, representante da FMF em vistoria ao José Paiz Soares (Foto: Roney Testa | Tupynambás FC)

O futuro

Para a próxima temporada, o objetivo do Baeta é manter o bom trabalho realizado até o momento. Em 2018, no primeiro semestre, a equipe disputará novamente o Módulo II do Campeonato Mineiro, mirando a elite do estadual. No segundo semestre, existe a possibilidade do retorno da Taça Minas Gerais, torneio que poderá indicar vagas para torneios nacionais como o Campeonato Brasileiro da Série D e Copa do Brasil. O Baeta, com intuito de atrair ainda mais seus torcedores, projeta voltar a mandar seus jogos em seu estádio próprio, o José Paiz Soares, inclusive vistorias já estão sendo realizadas com esse objetivo.

Para o fortalecimento constante do projeto, o Tupynambás conta com a permanência dos atuais parceiros e prospecta novos, lançando a campanha EMPRESA APOIADORA | APOIE O CLUBE DA CIDADE. A campanha tende a mostrar a importância que as empresas da cidade têm no desenvolvimento do esporte no município e a necessidade do apoio delas para o fortalecimento do futebol profissional do Baeta e na formação de novos atletas. Clique aqui e saiba detalhes da campanha e como se tornar parceiro do Baeta.

Em agosto, mais precisamente no dia 15, o Baeta completará 106 anos de existência, e dia após dia mostra que desta vez, voltou pra ficar!

Selo Empresa Apoiadora

Compartilhe