Com dignidade e luta, Baeta se despede do Módulo II 2017

Baeta faz grande partida mas fica no empate contra o Betinense

Apresentando um bom futebol, assim como na grande maioria das partidas do Módulo II do Campeonato Mineiro 2017, foi assim que o Tupynambás Futebol Clube se despediu da competição, na tarde deste sábado (20), em Nova Serrana, diante da forte equipe do Betinense. Apesar do empate sem gols, o Leão do Poço Rico dominou as ações da partida e pecou nas finalizações.

O Baeta começou a todo vapor, em busca da vitória, e abriu o placar aos seis minutos, com o atacante Ademilson, de cabeça, após aproveitar cruzamento de uma cobrança de falta, mas a arbitragem sinalizou impedimento. Aos 15 minutos, Ademilson recebeu bom passe, passou pelo goleiro, mas chutou por cima do gol vazio. Aos 18, Igor Balotelli recebeu cruzamento e, dentro da pequena área, perdeu o gol. A pressão continuava e, aos 23, foi a vez de Assis quase marcar, mas o goleiro Thulio, do Betinense, fez uma grande defesa.

A segunda etapa começou em ritmo desacelerado, mas aos nove minutos, Igor Henrique recebeu e ficou cara a cara com o goleiro Thulio, que novamente fez bela intervenção. Aos 13, novamente Ademilson teve excelente oportunidade, dentro da área, mas acabou perdendo o tempo de bola. Aos 21 foi a vez de Igor Balotelli chutar forte, mas parou em Thulio. O Betinense esboçava uma reação, mas sem sucesso. Aos 27, a primeira chance de Betinense, em uma falta na entrada da área, mas o goleiro César, em duas oportunidades defendeu. Aos 35, Ademilson, de cabeça, quase marca. Aos 36, Leão do Poço Rico cobra falta na trave. Aos 37, Ademilson finaliza e a zaga do Betinense tira em cima da linha. Mesmo criando muitas chances, o Baeta acabou não marcando e a partida ficou mesmo no 0 a 0.

Com o empate, o Baeta chegou aos seis pontos ganhos e terminou o hexagonal final na sexta posição, enquanto o Betinense, terceiro colocado, com 14. O Patrocinense venceu o Nacional de Muriaé por 4 a 0, chegou aos 21 pontos e conquistou o título. O Boa Esporte, de Varginha, empatou sem gols com o Uberaba, no Triângulo Mineiro, e ficou na segunda posição, com 19 pontos. Confira abaixo a classificação final do Hexagonal decisivo do Módulo II:

Fonte: FMF

Com muita luta e dignidade, o Departamento de Futebol do Tupynambás Futebol Clube encerra o ano de 2017 de forma positiva. Em menos de um ano de projeto, um título (Segundona Mineira 2016) e a chegada ao hexagonal decisivo do Módulo II 2017. Ainda neste semestre, o Grupo Gestor do Leão apresentará algumas novidades para os adeptos do clube. E lembrando que para um Baeta cada vez mais forte no cenário estadual e nacional, você pode se tornar um Leão do Baeta e, através de nosso programa de Sócio Torcedor, fazer um clube cada vez mais forte. Clique aqui e saiba todos os detalhes!

FICHA TÉCNICA

BETINENSE 0 x 0 TUPYNAMBÁS

Betinense: Thulio; Euler, Guilherme, Marcos e Gilben; Luis Gustavo (Thiago), Miguel, Magalhães e Andrey (João Victo); Léo Andrade (Elivelton) e Felipe Caldeira. Técnico: Rafael de Oliveira.

Tupynambás: César; Gustavo, José Leandro, Marcus Pinguim e Maicom (Thulio); Marcelo Brandão, Vinicius e Igor Henrique; Assis, Igor Balotelli e Ademilson. Técnico: Lúdyo Santos.

Gol: –

Cartões amarelos: Marcelo Brandão (Tupynambás); Andrey e Guilherme (Betinense)

10ª rodada do Hexagonal final do Módulo II do Campeonato Mineiro

Local: Arena do Calçado (Nova Serrana)

Data: 20/05/2017

Horário: 16h

Árbitro: Paulo César Zanovelli  – FMF

Assistentes: Evandro Lacerda – FMF e Bernardo Souza – FMF

(Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o Site Oficial do Tupynambás Futebol Clube como a fonte da informação).
Compartilhe